quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

As doses corretas!

Todos nós precisamos de doses certas, das coisas certas em nossa vida.
Eu preciso de grandes loucuras.
De grandes delícias.
Por que tudo que é bom, acaba muito rápido.
Brigadeiro e cerveja, por exemplo!!
Então, cair de cara no que se está fazendo ou sentindo é muito bom.
A loucura pode ter fim hoje, amanhã, não importa.
O importante é sentir.
Isso mesmo: S-E-N-T-I-R!!!!!!!!

Se os sentimentos viessem em cartelas, eu seria viciada neles.
Tipo: auto-controle.
A medicina já dispõe de remédios pra isso. Mas estou relutante em voltar a usá-los.
Preciso estar lúcida.

Queria poder entrar na farmácia e pedir: "ô moço, me vê aí duas cartelas de alegria?" , ou, "tiozinho, aplica aê uma injeção de auto-estima!"
Hoje quero sair tímida. Uma cápsula e pronto! Sou a virgem mais virgem do mundo!
Hoje quero sair pra arrasar! O comprimido rosa e pronto! Um vulcão pronto pra explodir!!!!
Quero um xarope que me faça parar de chorar. Outro pra deixar de lamentar a vida.

Mas infelizmente não é assim.
Temos que trabalhar o psicológico todos os dias.
A cada lágrima caída uma esperança.
A cada noite não dormida, um dia novo chegando e vc de pé, pensando:
"Tenho que levantar e fazer o meu melhor!"

Chega de rastejar, chega, chega, chega!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Meu diabinho interior brigando com um possível anjo todos os dias.

Acho que vou dar uma dose cavalar de sonífero pra eles.
Talvez assim eu fique em paz e seja eu.
Quero sentir que ainda há os sentimentos corretos dentro de mim, exorcismar os maus. Chorar as perdas e despedidas.
Sentir, sentir, e sentir sempre!

Levanta sua baranga! Enxuga os olhos e segue tua trilha.
A da esperança.


Bjos a todos que leêm meus devaneios.
Podia ser devaneiosdelolita né?

O/



2 comentários:

Anna Rocha disse...

sem pilulas... chega delas!
"nossa alucinação é enfrentar o dia-a-dia, nosso delírio é a experiencia com coisas reais"

Letthyssia disse...

Desvaneios de Lotita é bom... MAs estes não são apenas teus. Acho que todo mundo gostaria que fosse assim... eu pelo menos. Mas o creio que o único remédio seja enfrentar cada mau, e ser você mesmo o seu remédio. Ir em frente é sempre a solução...