sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sexta 13

Hoje, confesso, acordei cheia da preguiça e com os olhos ardendo.

Adoro sextas 13, então decidí colocar aqui a verdadeira história [ou pelo menos oq diz a História], deste dia envolto em superstições e medos dos mais variados.
O cinema se aproveita bastante deste dia, para deleite dos amantes do terror.


" Era 13 de Outubro de 1307.
Tardinha já, "capangas, agentes" do rei Filipe IV atacaram os Templários, prendendo-os, acusando-os por toda a França. A data foi escolhida pq o Grande Mestre Jacques DeMolay estava na cidade, além de outros figurões.
Mas quando os agentes entraram no Templo em Paris, sede dos Templários, descobriram que todos os documentos e, mais importante ainda para Filipe, o tesouro, tinha sido removido. Os agentes também tentaram capturar a frota Templária, a maior da Europa, que estava atracada em La Rochelle. Mas uma vez mais se frustrou a intenção — a frota tinha já partido. Até hoje a vasta riqueza dos Templários nunca foi encontrada. Nem tão pouco foi descoberto para que porto a frota seguiu — ou onde atracou. Mas os Templários não tentaram esconder-se a eles próprios, e na manhã seguinte, vários milhares tinham sido feitos prisioneiros. Jurídicamente falando, essas prisões eram ilegais. Os Templários respondiam unicamente ao Papa. Mas o Papa, Clemente V,francês, devolveu esse poder para Filipe. O rei francês ,que transferiu o assento papal de Roma para Avignon, em França, pediu esse favor. Filipe esteve também por trás da morte suspeita do precedente Papa, deixando assim o trono papal livre para Clemente. Inevitavelmente, o Papa toma o partido de Filipe. E com apoio papal, ataques similares foram feitos aos Templários através da Europa. Iriam ser todos levados a julgamento. Aqueles que acatavam as acusações levadas contra eles eram abandonados com uma mísera pensão, deixados na miséria ou ainda como pedintes. Qualquer um que recusasse era encarcerado para toda a vida. Mais de 120 foram queimados na fogueira. Após as torturas, confissões e execuções, Clemente V aboliu oficialmente a Ordem dos Cavaleiros Templários a 22 de Março de 1312. O Grande Mestre Jacques DeMolay, foi um dos que confessou. Mas a 14 de Março de 1314, enquanto era exibido no exterior da catedral de Notre-Dame em Paris para ouvir a sua sentença de prisão perpétua, DeMolay proferiu uma dramática declaração: " Eu admiti de facto que a Ordem era culpada. Mas unicamente assim agi para evitar contra mim as terríveis torturas — A vida foi-me oferecida, mas pelo preço da infâmia. Por este preço, a vida não vale a pena ser vivida." Como publicamente retratou a sua confissão, Jacques DeMolay, o último de 22 Grandes Mestres da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e Templo de Salomão, foi queimado vivo em Paris. E enquanto expirava, amaldiçoou o rei Francês e o Papa. Disse que no prazo de um ano seriam chamados a prestar contas pela perseguição aos Templários. Apenas um mês depois, o Papa Clemente V faleceu, aparentemente de causas naturais.
Aí fica a lenda: eles são donos de poderes sobrenaturais, ou é somente balela?"

Bom, aí não sei ó. Eu lí isso em algum lugar, não lembro onde. Acho que foi na escolinha de História.

ahauahauahuhauahauahauhauhaa

Um comentário:

Augusto Mota disse...

Não sei se você sabe, mas dos templários surgiram os Iluminates que depois de mais perseguições se infiltraram nas lojas maçônicas aonde provavelmente estão até hoje. Se eles tinham poderes sobrenaturais ? Não sei, mas que sabiam ou sabem muito mais do que qualquer um, isso sim é um fato.
Ps.: Que bom que se indentificou com o Hippies & Beatniks, porque também me identifiquei muito com o Confissões de Lolita.
Namastê