sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

A covardia minha de cada dia!

Eu sou covarde.
Gostaria do fundo de minh'alma não ser!
Tocar a ferida.Rasgar e comer inteira.
Mas fico mastigando, mastigando e não engulo.
Pura covardia.

Por que diabos eu me deixo ficar calada diante de atos de covardia para com minha pessoa??
Por quê???????
Me expliquem!

Não são as porradas que doem.
Mas a falta de respeito.
E minha covardia de não fazer nada.
Nomes a zelar.
Dias que estão por vir, cheios de lembrança e amargor.

Eu sei que os pesadelos voltarão!
Mas dessa vez não vou chorar, lastimar ou desejar a morte.
Agora mais que nunca eu quero ser feliz!
Dias e noites por vir.
Dias e noites pra amar.
Dias e noites pra ser feliz.

E quem me faz mal???????
Não terá o gostinho de me ver ruim.
...

Eu fujo!
"Vou-me embora pra Pasárgada! Lá, eu sou amiga do Rei!"
****

Como de costume, vou embora, e sem olhar pra trás!






2 comentários:

Anna Rocha disse...

“São demais os perigos desta vida pra quem tem paixão” Vinicius de Moraes

"Peço uma bebida forte
rápido
Para adquirir a garra e o amor de
continuar!" Bukowski.


coragem e força! sempre!!

Salsi disse...

Coragem, força e ter em alguém em quem confiar...

Acho que você sabe que esse alguém, por mais longe que esteja, esta do seu lado sempre.

Beijos dengo!