sábado, 22 de janeiro de 2011

Jack Kerouac





"Aqui estão os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os pinos redondos nos buracos quadrados. Aqueles que vêem as coisas de forma diferente. Eles não curtem regras. E não respeitam o status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou caluniá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Empurram a raça humana para a frente. E, enquanto alguns os vêem como loucos, nós os vemos como geniais. Porque as pessoas loucas o bastante para acreditar que podem mudar o mundo, são as que o mudam." (Jack Kerouac)


-Tá pensando na vida, meu irmão?
Nos olhares desconfiados cada vez que você passa na rua?
Em toda a parafernália tecnológica que te distancia de ti mesmo?
Que está perdendo tempo correndo pra lá e pra cá? Ao invés de ganhar?
Que te amontoas em cima do lixo fétido de cada dia?
Que a mecânica da vida não tem tantas engrenagens assim?
Onde o rico e o pobre tem vivências diferentes? É, caríssimos, o pobre, povo, brutus, sabe o significado de cada conquista. Do sofrimento, da labuta, da fome e dos passamentos dos seus.
E o burguês, letrado, indiferente, sente cheiro de merda abaixo do nariz? E vive mau, e sente mau, e paga pau?
Não, meu irmão.
Eu estou pensando em viver assim, assado.
Não sei, vivendo apenas.
Do jeito que eu quero, nas horas que eu quero.
Com roupa ou sem roupa.
Com brilho no olho ou não. Com a paixão dos pré-adolescentes.
Forte.
Em estradas de chão, rios e florestas me acompanham.
Sou do chão, da terra, da mata.
Ribeirinha, cabocla, e que navega na vida em meio a sonhos.
Iguais, somos todos iguais. A contar do momento que nascemos e morremos.
Pelados e fedemos.
Sejamos generosos com nossa terra. Corramos atrás da recuperação de trilhos e corredeiras. Das matas, nascentes e afluentes.... desertos de nossas paixões.
Corramos atrás do que é nosso por direito, e que o tal do paga pau, capital, leva, leva, leva.
A minha grande paixão.
Rondônia.


3 comentários:

T.H. disse...

lindíssimo! teu blog tem essência, seja lá o que isso quer dizer...

Elias Balthazar disse...

Olá, passando pra deixar um oi
Depois volto pra ler com calma

Confissões de Lolita disse...

Fiquei feliz com o superlativo, guria! Alguém me entende por aqui!
ahuahauahuahauhuahaua

__________

Elias, cara, valeu a visita.